09 de maro de 2021
Campo Grande 31º 21º

PECADO LIBERADO?

Vídeo: Dionísio da tapinha, intimida pastor, volta ao poder e muda estatuto

No próximo dia 28 de janeiro, haverá a posse da nova diretoria, que foi escolhida pelo pastor Antônio Dionísio

Leia também

• Após tapinha na ex-amante e sofrer rejeição na igreja, pastor Dionizio processa fiéis

Um áudio que circula na internet, onde o pastor Antônio Dionísio parece muito irrita com um companheiro identificado na gravação como pastor Paulo. O presidente da Assembleia de Deus "convida"o supervisor do setor 4 da ADM, para ir na igreja,  e diz para ele ser homem pelo menos uma vez na vida.

"Vai amanhã Paulo que eu te recebo lá. Vai que eu quero falar com você amanhã lá na igreja. Vai você com quem você quiser amanhã. Você que diz que é homem, então seja homem pelo menos uma vez na vida, tá. vai amanhã cara", intimou.

Embates fumengantes entre o pastor Antônio Dionísio e outros pastores da Assembléia de Deus Belém em Campo Grande, tem acontecido frequentemente, desde que o caso da amante veio a tona.

No seu retorno ao comando da  instituição, ele fez duas mudanças significativas no estatuto da igreja, que os fiéis estão chamando de golpe. 

Antônio Dionísio desvinculou a Assembléia de Deus Belém em Campo Grande da COMADEMS e da CGADD, essa esta sendo uma manobra para ele se perpetuar no poder da entidade religiosa. 

As mudanças agradaram apenas uma minoria que tem prestado total apoio a Dionísio, mesmo com todo o escândalo que foi divulgado nas redes sociais. Porém para muitos, a intervenção sorrateira nas regras que regem a igreja é arbitrária, e revoltados estão se manifestando nas redes sociais. 

O pastor Oséias, gestor administrativo da igreja usou App de mensagens instantâneas para manifestar o seu descontentamento  da forma que o presidente  tem regido a instituição no seu retorno, mesmo contra a vontade da maioria. 

“Paz do Senhor. Com todo respeito a diretoria da igreja, venho manifestar minha preocupação com o nosso ministério , pois ontem houve uma assembléia  para alteração do estatuto sem aviso por parte da secretaria da igreja, bem em como do pastor Elias Longo que conduziu a reunião  no período da manhã de terça. Solicito que informe ao colegiado o teor da alteração e os motivos. A sugestão  é que o presidente marque uma reunião pra os esclarecimentos”.

No próximo dia 28 de janeiro, haverá a posse da nova diretoria, que foi escolhida pelo pastor Antônio Dionísio.

Entenda as alterações no estatuto da igreja 

1ª Alterção) No artigo 3º – Suprimiram que a igreja local reconhecia a COMADEMS e CGADB como órgão consultivo e que aceitavam sua orientação em questões espirituais e principalmente em se tratamento de questões de preservação da doutrina Bíblica. Desligaram-se para não enfrentarem as apurações de transgressões. 

2ª Alteração) No artigo 25 suprimiram o parágrafo único e criaram os parágrafos primeiro e segundo. Mas a novidade está somente no parágrafo segundo. No original a diretoria poderia ser escolhida por eleição  ou aclamação. Agora somente por indicação do pastor-presidente. 

Como no dia 28/01, haverá AGO e AGE, e o pastor presidente, Antonio Dionízio pretende jubilar-se e deixar um sucessor da sua preferência e confiança. Na vacância do cargo quem passa a escolher o novo pastor presidente será a diretoria nomeada pelo próprio antes da sua jubilação. 

No entanto, a diretoria foi  totalmente escolhida por Dionísio. 

“Essa Assembleia é totalmente irregular e não obedece as regras estatuarias. A sua realização chega a ser Criminosa, pois praticou-se um estelionato coletivo contra as  pessoas que lá estava para cultuar a Deus e foram surpreendidas para assinar um papel em branco, cujo motivo não sabiam o que, e para que estavam assinando”, diz um manifesto que circula em grupos de WhatsApp.