15 de junho de 2021
Campo Grande 28º 15º

MPE investiga Águas Guariroba por cobrança abusvia de taxa de água e esgoto

A- A+

A 25ª Promotoria de Justiça de Campo Grande instaurou Procedimento Preparatório nº 006/2015 para investigar a empresa Águas Guariroba por cobrar valores abusivos de taxa de água e esgoto dos usuários do serviço na Capital.

Segundo procedimento, que foi publicado hoje no Diário Oficial do MPE, a empresa é denunciada por cobrar reajustes acima da média permitida tanto das taxas de fornecimento de água quanto de tratamento de esgoto.

Esta semana, o MS Notícias publicou uma matéria sobre as constantes reclamações dos consumidores em relação ao serviço da Águas Guariroba. Desde água com sal e areia até inclusão de nome de clientes no SPC (Sistema de Proteção ao Crédito) que possuem débito em conta ou que já haviam pago fatura. 

Este, no entanto, não é a primeira investigação que o Ministério conduz sobre empresa. Em 2013, o órgão instaurou inquérito nº 068 que apura as irregularidades na prorrogação do contrato da empresa com prefeitura da Capital mediante termo aditivo. Conforme inquérito prefeitura, na ápoca sob gestão de Nelsinho Trad (PMDB), ampliou por mais 18 anos anos e sete meses o contrato com empresa permitindo que a Águas seja concessionária fornecedora de água até 2060. O inquérito foi prorrogado devido à negativa da prefeitura em enviar ao Ministério Público os documentos exigidos.