25 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

Taxistas tem o direito de levar passageiros às cidades vizinhas

Tayná

Na manhã de ontem o deputado estadual Laerte Tetila (PT) levou à sessão da AL (Assembleia Legislativa) que estão havendo denúncias contra os taxistas que estão exercendo a função de “linha”, levando para outras cidades diversos passageiros.

O presidente do sindicato dos taxistas da Capital, Bernardo Quartin Barrios explicou que a saída direta do município no qual o táxi está cadastrado não é permitida, porém, não há motivos para recusar serviço a um passageiro que está em uma situação urgente. “Não é permitido que o táxi saia todo o dia do município, transformando isso num trabalho corriqueiro, porém, não tem como deixar as pessoas na mão”. Bernardo completou ainda que há uma lei estadual onde para determinados casos é permitida a saída do veículo da cidade onde trabalha.

De acordo com o deputado, os fiscais da Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de MS) estariam multando motoristas fora de seu perímetro, sem que seja avaliada a situação que acontece no momento.

Para Bernardo tudo deve ser analisado e ele também deixa claro que existam os “profissionais e profissionais”, que podem realizar serviços não permitidos por lei.

Tetila pediu ontem que essa situação não seja ignorada na Casa, e que sejam tomadas as devidas providências.