GEO AND DEVICES - POR TERO QUEIROZ

MS Notícias

segunda, 01 de junho de 2020

MUNDO

Acompanhe em tempo real a situação da guerra civil na Venezuela

País vive dia de tensão após Guaidó e Maduro convocarem apoiadores às ruas

Por: FOLHA DE S.PAULO30/04/2019 às 12:28
ComentarCompartilhar
Foto: Carlos Garcia Rawlins/Reuters

Na madrugada desta terça-feira (30), os líderes opositores Juan Guaidó e Leopoldo López deram início à uma ação para tentar derrubar o regime de Nicolás Maduro.

López, que estava em prisão domiciliar, foi para a rua ao lado de Guaidó. Ambos se dirigiram para a base aérea de La Carlota, em Caracas, onde anunciaram o apoio de militares dissidentes e convocaram a população a se juntar a eles.

Maduro, no entanto, disse que as Forças Armadas do país seguem leais a ele, e convocou uma manifestação popular em apoio a seu governo.

13h55. 30.abr- Secretário-geral da ONU diz estar pronto para mediar crise na Venezuela

O secretário-geral da ONU, o português Antonio Guterres, está pronto para ajudar na mediação da crise na Venezuela, afirmou nesta terça (30) seu porta-voz, Stephane Dujarric.

Mas isso só ocorrerá, disse ele, caso a participação de Guterres seja requisitada tanto pelo governo quanto pela oposição.

Dujarric também disse que os dois lados devem ter calma neste momento. "O secretário-geral insta todos os lados a exercerem a máxima moderação e apela a as partes envolvidas que que evitem qualquer violência" e tomem medidas imediatas para restaurar a calma", afirmou a jornalistas em Nova York.

13h33. 30.abr - Opositor deixou prisão domiciliar tranquilamente com agentes do serviço secreto, diz vigia

O segurança José Pedroso, 58, que vigia uma das residências do bairro Palos Grandes, em Caracas, testemunhou o momento em que o opositor Leopoldo López deixou a prisão domiciliar para se juntar a Juan Guaidó na base aérea de La Carlota.

Segundo ele, López saiu de casa com os mesmos oficiais do Sebin, o serviço secreto venezuelano, que o vigiavam. "Saiu normalmente, sem mala, nem nada. Só deixou aí o carro", disse à Folha, apontando para a caminhoneta branca estacionada, travando a entrada de possíveis intrusos. López estava em prisão domiciliar desde 6 de agosto de 2017, cumprindo pena de quase 14 anos, acusado de incitar a violência em 2014.

Segundo o opositor, ele foi "liberado por militares à ordem da Constituição e do presidente Guaidó". A mulher de López, Lilian Tintori, foi para Miami com os filhos. Nos EUA também estão Fabiana Rosales, mulher de Guaidó, e a filha do casal. (SYLVIA COLOMBO). 


13h07. 30.abr - Siga os fatos mais recentes da situação na Venezuela

Brasil vê adesão militar maior e risco de guerra civil em Caracas

Integrantes da cúpula militar brasileira e diplomatas especializados em Venezuela se disseram surpresos pela rapidez da escalada da crise na ditadura de Nicolás Maduro e já não descartam o risco de uma guerra civil no país vizinho.

Segundo a Folha apurou com diplomatas, o ponto de inflexão foi a maior adesão de militares de patentes baixa e intermediária ao grupo do presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, que é reconhecido como líder interino do país por países como o Brasil e os Estados Unidos. (IGOR GIELOW)

Leia mais aqui.

13h03. 30.abr - Rússia acusa oposição venezuelana de recorrer à violência

Um dos principais aliados do ditador Nicolás Maduro, o governo da Rússia criticou nesta terça a oposição venezuelana e pediu que os dois lados sentem para negociar uma saída para a crise no país.

"A oposição radical na Venezuela retornou mais uma vez aos métodos violentos de confronto", disse o ministro de Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov.

"Em vez de resolver suas diferenças políticas pacificamente, eles decidiram incentivar o conflito e provocar a quebra da ordem pública e enfrentamento com as Forças Armadas", afirmou ele.

Blindado da Guarda Nacional passa por cima de manifestantes em Caracas

Um veículo blindado da Guarda Nacional, do regime de Maduro, atropelou e passou por cima de manifestantes da oposição em Caracas, mostraram imagens de TV.

Os manifestantes protestavam perto de uma base militar e atiravam paus e pedras contra os veículos. Não há informações sobre feridos.

12h57. 30.abr

Boa tarde. Acompanhamos a partir de agora, em tempo real, as últimas informações sobre o dia de confrontos na Venezuela.

 

Deixe seu Comentário

TV MS

15 de maio de 2020
Ministério da Cidadania fala sobre auxílio emergencial
Ministério da Cidadania fala sobre auxílio emergencial

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua referência em jornalismo no Mato Grosso do SulRua José Barnabé de Mesquita, 948
CEP 79100.200 - Vila Duque de Caxias
Campo Grande/MS
 (67) 99309.8172

Editorias

Institucional

Mídias Sociais

© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma