19 de abril de 2021
Campo Grande 31º 20º

Impeachment

Advogados promoveram ato na OAB contra o impeachment

Um grupo de advogados e professores de cursos de direitos de diversas instituições de Mato Grosso do Sul, realizaram na manhã desta quarta-feira (22) um ato público contra a decisão da Ordem de apoiar a abertura do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

Os manifestantes protocolaram um documento pedindo providências da OAB contra o vazamento seletivo e reiterado de colaborações premiadas a órgãos de imprensa, de processos, investigações e ordens judiciais sigilosas, que comprometeriam o resultado das investigações e criariam a sensação de parcialidade do judiciário por ideologias políticas e partidárias.

Eles também cobraram providências em relação ao pedido de afastamento do  Presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), com envio de um ofício ao Conselho Federal da Ordem dos Advogados solicitando que dê prioridade no andamento do pedido já protocolado perante o Supremo Tribunal Federal, por entenderem que ele não possui condições éticas e morais para conduzir a Câmara dos Deputados e um processo de impeachment, por ser réu perante a Suprema Corte, no inquérito de número 3983 e por ser investigado em diversos inquéritos.