26 de outubro de 2021
Campo Grande 29º 17º

PANDEMIA | SENADO

AO VIVO: Médicos ameaçados pela Prevent são defendidos por advogada na CPI

Bruna disse que profissionais não tinham autonomia e recebiam "kit covid" lacrado e com manual de instrução

A- A+

Hoje (28.set.2021), a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, realiza oitiva da  advogada Bruna Morato, que defende os ex-médicos da Prevent Senior. Os 12 médicos denunciaram as pressões pela utilização do kit covid, ameaças e práticas consideradas “estarrecedoras” pelos senadores. 

Segundo a Agência Senado, na última 4ª feira (22.set.2021), quando a CPI ouviu o diretor-executivo da operadora Pedro Benedito Batista Jr, senadores denunciaram que relatos e mensagens apresentados por médicos que trabalharam na empresa de saúde indicam que a Prevent Senior alterava atestados de óbitos, com objetivo de ocultar a morte de pacientes por covid-19. 

Eles afirmaram que o dossiê apontava para indícios de que os médicos da rede seriam orientados a fraudar os prontuários, alterando a CID (Classificação Internacional de Doença) dos pacientes que deram entrada com covid-19 e colocando no lugar qualquer outra doença. Advogada já assumiu hoje (28.set.2021) que médicos não tinham autonomia e pediam que a Prevent assumisse o protocolo institucional. Ainda, segundo ela, os profissionais ameaçados apontaram que recebiam o "kit covid" lacrados, assim como os pacientes, e com manual de instruções.