11 de agosto de 2020
Campo Grande 33º 20º

Deputados afirmam que conversas com Bernal continuam em andamento

Na manhã de hoje o prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) disse que a construção do Hospital Municipal da Capital estaria condicionada a ajuda da bancada federal. O prefeito esteve em Brasília na semana passada pedindo o apoio e entregando o projeto do futuro prédio. Bernal teria entregado diversos ofícios requisitando a indicação de emendas para a Capital, sendo que, a prioridade seria a construção do hospital.

De acordo com os deputados Vander Loubet e Antônio Biffi, ambos petistas, a população entendeu de forma errônea no momento em que achou que o prefeito estaria “jogando a culpa” do hospital ainda não ter sido construído na bancada federal. Eles explicaram que há um diálogo para que seja disponibilizada parte da verba para o começo do projeto.

“Foram investidos 50 milhões em emendas para o início da obra. Eu, Marçal (PMDB) e Delcídio (PT) conseguimos a verba. Não foi obra apenas do senador Delcídio”, afirmou Biffi.

De acordo com o deputado, só não foram investidos mais recursos porque para o início das obras mais que esse valor não será necessário, porém, com o passar do tempo poderá ser liberado um valor maior.

Já o deputado federal Reinaldo Azambuja afirma que a disponibilização de mais recursos para a construção do Hospital Municipal de Campo Grande depende do prefeito, Alcides Bernal. "Se o prefeito achar que é prioridade da construção do hospital, com certeza não só eu, mas toda bancada federal irá apoiar". Tayná Biazus e Alan Diógenes