21 de outubro de 2020
Campo Grande 29º 21º

Bernal vai processar jornais e vereador por difamação

Diana Christie

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP) afirmou nesta manhã que está processando a revista Veja, o jornal Correio do Estado, alguns jornalistas e o vereador Elizeu Dionísio. “Acusações levianas eu respondo na justiça”, declarou.

Sem citar nomes, o prefeito acusou o presidente estadual do PSD, Antônio João, de ser “mesquinho” e covarde porque “não teve coragem de disputar a prefeitura”. Além disso, acusou a imprensa de manipular informações. “Jornal de circulação diária que faz fofoca, especulação e fala em cassação”, disparou.

Apesar das ameaças, Bernal não está muito seguro do resultado das ações judiciais. “Vou entrar na justiça para exigir meu direito de resposta e reparação por danos morais. Mas sabemos que nem a sempre a justiça é feita. A pessoa morre à míngua e depois aparece a decisão de ela não merecia a acusação”, lamentou.

As acusações

Bernal não informou detalhes sobre os processos, mas a notícia que o prefeito pretende recorrer, veiculada na revista Veja, denuncia um suposto golpe aplicado por ele em uma catadora de lixo antes de se tornar chefe do executivo municipal. A vítima teria recebido R$ 180 mil em uma indenização, mas nunca recebeu o valor de seu advogado, Alcides Bernal.

Elizeu Dionísio e o prefeito têm trocados acusações através da mídia desde que o vereador foi sorteado para ser o relator da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Calote. No fim do mês passado, Dionísio entregou documentos ao MPE (Ministério Público Estadual) que possuem indícios de improbidade administrativa do prefeito.