08 de maro de 2021
Campo Grande 30º 20º

CULTURA

Carnaval em MS terá mais de 2 mil policiais para reforçar a segurança

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil também estarão nas ruas

Para garantir a segurança da população durante as festas de Carnaval, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública vai designar ao todo 2.361 policiais, entre civis, militares, bombeiros e agentes do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), em Campo Grande e mais 14 municípios do Estado, na Operação Carnaval 2019 que começa a partir de amanhã (1°).

Em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (27), o Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, disse que serão frentes de trabalho principalmente da segurança pública que envolve diversas instituições e atores. “Nós trabalharemos de forma integrada para justamente produzir bom resultado, porque muitas das ações não são apenas da polícia civil e militar,  mas do bombeiro militar e do agente penitenciário. Então há de se ter um trabalho em plena sintonia com todas as agências e instituições, a fim de proporcionar à população o resultado de excelência que ela merece”, disse.

Ainda conforme o secretário de segurança, mesmo com o cancelamento de alguns locais o efetivo não vai mudar. “Teremos a mesma estrutura se estivesse acontecendo as festividades como planejado outrora. Nós não vamos diminuir porque o folião ele pode não ir naquele local que foi cancelado mas ele vai para outro ou pode ir para o interior. Então nós vamos manter sim o mesmo efetivo como planejado anteriormente independente do cancelamento”, pontuou.

Para o Comandante-Geral da Polícia Militar, Coronel PM Waldir Ribeiro Acosta, mais de mil homens estarão empenhados para realizar o policiamento ostensivo. “Da parte da Polícia Militar teremos em torno de 1.069 homens na Capital e no interior do Estado, então teremos o policiamento de rotina mais o reforço para o evento do carnaval. O pessoal do policiamento ostensivo estará a pé nos locais que haverá concentração de público para que possamos realizar o policiamento com eficiência e eficácia”, disse.

De acordo como o Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros, Joilson Amaral, ao todo são 930 homens para atuar em todo o Estado, sendo 360 militares divididos em quatros guarnições de 90 bombeiros em todos os dias do evento. “No interior, são 520 militares sendo que 130 de pronta resposta. Nós vamos manter em cada município onde tem Corpo de Bombeiros, são 25, uma viatura e 50 bombeiros para fiscalizações, se caso tiver uma denúncia a equipe vai até o local verificar a segurança do lugar”, finalizou.

A Polícia Civil dará o reforço com o efetivo de 350 homens em todo o Estado, além de 12 policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) que estarão nas rodovias.