26 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 21º

CPI da Homex será prorrogada para ouvir empresa mexicana

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Homex será prorrogada em mais 30 dias para que os vereadores tenham a oportunidade de ouvir um representante da empresa mexicana que faltou a última oitiva realizada na quinta-feira passada.

“Convocamos novamente a Homex para depor. Se não comparecer de forma consensual, vamos fazer a convocação de maneira judicial. Quem está acompanhando o trabalho da CPI percebe que todas as situações apontam para a responsabilidade da Homex, não só em Campo Grande, mas no Brasil inteiro. Conota uma situação premeditada”, explicou o vereador Otávio Trad.

Durante a última oitiva, a empresa enviou um ofício aos vereadores alegando que não pode comparecer à Câmara Municipal por ter outros compromissos marcados para a mesma data.

Segundo o vereador Carlão (PSB), relator da comissão, a Caixa Econômica Federal também foi acionada judicialmente para disponibilizar alguns documentos para a CPI. “Queremos a garantia de terminar a CPI com o saldo positivo”.

A próxima oitiva será realizada na próxima quinta-feira, dia 06, às 14h na Câmara Municipal. Devem prestar depoimento um representante da Caixa Econômica Federal e outro da empresa Homex.

Diana Christie