25 de outubro de 2020
Campo Grande 32º 21º

Delcídio começa a sentir na pele as consequências de apoiar Bernal

O senador Delcídio do Amaral (PT) começa a sentir na pele as consequências nada positivas do apoio do PT ao prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP). De acordo com pesquisa realizada pelo instituto Idope entre os dias 30 de novembro e 09 de dezembro deste ano, Nelsinho, que antes estava atrás de Delcídio, agora tem vantagem na intenção de votos de mais de 6% de diferença. Foram ouvidas 1514 pessoas em todas as regiões da Capital.

delcidio bernal

Paralelo a esse resultado, foi constatado pela pesquisa que tem aumentado entre a população de Campo Grande a rejeição e desaprovação em relação à administração do prefeito Alcides Bernal, que desde janeiro tem enfrentado embates políticos com os vereadores da Capital.

Segundo dados da pesquisa, a população está claramente descontente com a administração do prefeito, que foi considerada péssima por 24,37 % da população da Capital. Ou seja, fica claro que a crise política que ronda o prefeito e pode levá-lo à cassação está desgastando sua imagem perante a população.

E como o PT é o partido que mais apoia Bernal e é também a legenda que assumiu diante de toda população sul-matogrossense os riscos de apoiar o prefeito, o descontentamento da população agora recaiu sobre o Partido dos Trabalhadores. A situação, inclusive, foi agravada, depois de Pedro Chave, que é suplente do senador Delcídio do Amaral, assumir o cargo de secretário de relações institucionais de Bernal e tomar para si a responsabilidade de salvar a gestão do prefeito e aproximá-lo dos vereadores que estão cada vez mais distantes.

P07 – Avaliação da administração municipal (pergunta estimulada)

 

REGIÕES URBANAS

COL.

DESCRIÇÃO

TOTAL

Centro

Segredo

Prosa

Bandeira

Anhan-duizinho

Lagoa

Imbirussu

ÓTIMA

2,77

2,50

3,03

1,09

4,10

2,57

3,66

1,95

BOA

17,17

13,33

13,33

11,96

21,72

19,71

16,67

18,05

REGULAR

39,31

40,01

37,59

39,12

40,16

43,44

37,80

34,15

RUIM

9,31

17,50

13,33

10,33

6,97

6,57

10,16

6,83

PÉSSIMA

24,37

20,83

25,45

26,63

22,95

22,57

24,80

27,80

NQO

7,07

5,83

7,27

10,87

4,10

5,14

6,91

11,22

EM %

100,00

100,00

100,00

100,00

100,00

100,00

100,00

100,00

ABSOLUTOS

1.514

120

165

184

244

350

246

205

                   
APROVAÇÃO

19,94

15,83

16,36

13,05

25,82

22,28

20,33

20,00

DESAPROVAÇÃO

33,68

38,33

38,78

36,96

29,92

29,14

34,96

34,63

INDEFERENÇA

46,38

45,84

44,86

49,99

44,26

48,58

44,71

45,37

 

P17 – Intenção de voto para governador  (pergunta estimulada) 

REGIÕES URBANAS

COL.

CANDIDATOS (GOVERNADOR)

TOTAL

Centro

Segredo

Prosa

Bandeira

Anhan-duizinho

Lagoa

Imbirussu

01

NELSINHO TRAD (PMDB)

31,64

34,17

33,33

34,24

27,46

31,43

29,27

34,63

02

DELCICIO AMARAL (PT)

25,76

19,17

29,09

21,20

27,46

26,57

25,61

27,80

03

REINALDO AZAMBUJA (PSDB)

13,61

29,17

15,15

12,50

13,52

13,43

10,98

7,80

04

JUIZ ODILON DE OLIVEIRA

9,51

5,83

6,67

4,35

10,66

12,29

13,01

8,29

05

PRA. JANETE MORAIS (PSB)

1,32

0,83

1,82

3,80

1,23

0,29

0,81

1,46

06

LUIZ PEDRO GUIMARAES (PTN)

0,07

0,00

0,61

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

BRANCO / NULO

7,07

4,17

4,85

13,04

4,10

5,43

12,20

5,37

NQO

11,02

6,66

8,48

10,87

15,57

10,56

8,12

14,65

EM %

100,00

100,00

100,00

100,00

100,00

100,00

100,00

100,00

ABSOLUTOS

1.514

120

165

184

244

350

246

205

 

P16 – Intenção de voto para governador (pergunta espontânea)

COL.

CANDIDATOS (GOVERNADOR)

TOTAL

Centro

Segredo

Prosa

Bandeira

Anhan-duizinho

Lagoa

Imbirussu

01

NELSINHO TRAD

16,05

23,33

18,79

10,33

13,93

16,86

10,98

21,95

02

DELCIDIO AMARAL

15,19

10,83

19,39

7,61

17,62

17,71

9,76

20,49

03

REINALDO AZAMBUJA

6,67

19,17

7,88

4,35

9,43

6,57

0,81

4,39

04

JUIZ ODILON DE OLIVEIRA

4,89

2,50

1,21

1,63

7,79

9,14

3,25

3,41

05

ANDRÉ PUCCINELLI

0,53

0,00

1,21

0,00

0,00

0,00

1,63

0,98

06

PASTORA JANETE MORAIS

0,53

0,83

1,21

1,09

0,82

0,00

0,00

0,49

07

ZECA DO PT

0,40

0,00

1,21

0,54

0,00

0,29

0,41

0,49

08

SIMONE TEBET

0,33

0,83

0,00

0,00

0,00

0,29

0,41

0,98

09

MURILO ZAUITH

0,13

0,00

0,61

0,54

0,00

0,00

0,00

0,00

09

GIROTO

0,13

0,83

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,49

10

DILMA

0,07

0,00

0,61

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

10

EDUARDO BOTTURA

0,07

0,00

0,61

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

10

LUIZA RIBEIRO

0,07

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,41

0,00

10

MARIO CESAR

0,07

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,41

0,00

10

MARUN

0,07

0,00

0,00

0,00

0,00

0,29

0,00

0,00

10

MAURICIO PICARELLI

0,07

0,00

0,00

0,00

0,00

0,00

0,41

0,00

BRANCO / NULO

2,71

0,00

3,03

5,98

1,23

1,71

2,85

4,39

NQO

52,02

41,68

44,24

67,93

49,18

47,14

68,67

41,94

EM %

100,00

100,00

100,00

100,00

100,00

100,00

100,00

100,00

ABSOLUTOS

1.514

120

165

184

244

350

246

205

Delcídio bem que tentou evitar a vinculação de sua imagem a Bernal, mas, infelizmente para o senador, com toda articulação petista para salvar o mandato do prefeito, torna-se cada mais difícil a população separar o joio do trigo e acreditar que Delcídio está de fora das trapalhadas e da crise política na qual o prefeito tem se colocado. Já que quem cale consente e o senador pouco tem se manifestado acerca das atitudes do prefeito.

De acordo com os dados da pesquisa, assim como aumenta a rejeição a Bernal, aumenta a rejeição a Delcídio, que agora terá que correr para se livrar das nuvens que cercam o prefeito e convencer a população de que ele e Bernal são figuras distintas e que, embora todo seu partido e seu suplente, apoiem e trabalhem para salvar o prefeito, ele, Delcídio do Amaral, pré-candidato do PT ao governo do Estado, não se assemelha a Bernal e caso se torne governador, não irá colocar Mato Grosso do Sul em meio a um fogo cruzado entre legislativo e executivo deixando o Estado estagnado e inerte como está hoje sua Capital.

Heloísa Lazarini