30 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 24º

SEM ESTUDO

Falta de estudo pode levar pessoas a apoiarem regimes ditatoriais, aponta pesquisa

Apoio à democracia diminuiu durante governo Bolsonaro, aponta a mesma pesquisa

Pesquisa do Datafolha aponta que no primeiro ano do governo de Jair Bolsonaro 22% da população passou a apoiar regimes de ditadura ou semelhantes. O crescimento é de 8% em relação a última pesquisa feita pelo instituto em 2018, quando 13% da população apoiava regimes militares. Em contraponto aos números, a mesma pesquisa revela que 62% da população é a favor da democracia, o número em 2018 era mais positivo. Segundo a pesquisa a falta de estudo leva os brasileiros a apoiar regimes militares. 

Os entrevistados que apontaram que é preferível uma ditadura em certas circunstâncias permaneceu estável em 12%.

O apoio dessa parcela da população, ainda que pequena, mas preocupante, a regimes pode estar ligado a falta de estudo. Os números mostram que para 85% dos entrevistados com nível superior de escolaridade a democracia é sempre o melhor governo. O apoio a democracia cai para 48% entre aqueles que têm apenas o ensino fundamental.

Segundo os dados da pesquisa, 81% das pessoas com famílias de renda mensal superior a dez salários mínimos acreditam ser a democracia o melhor dos regimes. Já para as famílias que ganham até dois salários o apoio cai para 53%.

O Datafolha ouviu 2.948 pessoas nos dias 5 e 6 de dezembro, em 176 municípios de todo o país. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Fonte: Folha de S. Paulo.