23 de setembro de 2021
Campo Grande 35º 20º

POLÍTICA

Filha de Fernandinho Beira-Mar toma posse do cargo de vereadora

A- A+

Fernanda Costa (MDB-RJ) assumiu nesta segunda-feira (4) o cargo de vereadora em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. A filha do traficante Fernandinho Beira-Mar assume o posto por ser a primeira suplente da legenda.

O prefeito da cidade Washington Reis (MDB-RJ) nomeou um dos membros da bancada como secretário. Com isso, a dentista vai ocupar uma das cadeiras na Câmara Municipal. Fernanda, de 45 anos, atingiu os 3.999 votos e ficou em oitava lugar no ranking do seu partido.

Costa vai entrar no lugar de Sandro Lelis, ex-presidente da Câmara Municipal da cidade, o qual assumirá o comando da Secretaria Municipal de Serviços Públicos. A informação foi divulgada por meio de nota da Prefeitura de Duque de Caxias.

“A Prefeitura de Duque de Caxias informa que o vereador eleito Sandro Lelis, ex-presidente da Câmara Municipal da cidade, foi nomeado secretário municipal de Serviços Públicos. Sua cadeira na Câmara passará a ser ocupada pela dra. Fernanda Costa, cirurgiã dentista, candidata eleita que toma posse no plenário da Casa nesta segunda-feira (04/01), às 15h”, informa o texto.

Foi a segunda vez que a dentista tentou uma vaga na Câmara de Duque de Caxias. Em 2016, Fernanda se candidatou pelo PP, mas não foi eleita.

Fernandinho Beira-Mar

O pai de Fernanda Costa é um dos traficantes mais conhecido do País. Apontado como um dos líderes do Comando Vermelho (CV), uma das maiores facções criminosas do Rio de Janeiro, Fernandinho foi recapturado em 2001 na Colômbia após fuga e está preso desde então.

O traficante iniciou suas atividades justamente na comunidade Beira-Mar, em Duque de Caxias, da qual carregou como sobrenome. Seus negócios se expandiram pelo Rio de Janeiro e chegaram até o tráfico de drogas internacional.