20 de outubro de 2020
Campo Grande 30º 21º

GOVERNO BOLSONARO

Flávio Bolsonaro elogia PF de Moro que o inocentou: "é isenta"

“Quando a investigação é isenta, só tem esse resultado possível”, disse o senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ), ao comentar a investigação que não viu nada de anormal na sua evolução patrimonial

O senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ) elogiou a atuação da Polícia Federal, subordinada ao ministro Sérgio Moro, e que livrou o parlamentar dos crimes de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica. 

“Quando a investigação é isenta, só tem esse resultado possível”, disse o parlamentar, que acompanhou Jair Bolsonaro no lançamento da pedra fundamental do Colégio Militar de São Paulo.

Antes do evento, o pai do senador foi questionado sobre a investigação. "Pergunta pra PF, eu não me meto nas questões do Judiciario", disse.

O filho de Jair Bolsonaro está envolvido em um esquema de corrupção na Assembleia Legislativa do Rio - ele era deputado estadual. O Coaf havia identificado movimentações financeiras atípicas por parte de Fabrício Queiroz, que assessorava Flávio Bolsonaro na Alerj.

Segundo o órgão, Queiroz movimentou R$ 7 milhões em de 2014 a 2017, de acordo com relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras).

Em depoimento por escrito ao Ministério Público do Rio no ano passado, Queiroz afirmou que não se apropriou dos valores recebidos, mas disse que o dinheiro era usado para ampliar a rede de "colaboradores" da base eleitoral de Flávio Bolsonaro no estado.