23 de outubro de 2020
Campo Grande 33º 22º

Governador e autoridades militares são homenageados pela Polícia Civil

Coronel Comandante da PM DAVI

O governador André Puccinelli (PMDB) recebeu ontem uma homenagem da Polícia Civil que entregou a ele e a vice-governadora Simone Tebet (PMDB) a comenda “Prêmio”. O evento aconteceu às 19h, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo.

No evento, outras 36 personalidades que contribuíram com o trabalho da entidade ou que ajudam a projetar de forma positiva seu trabalho, receberam medalhas em homenagem da Policia Civil.

Entre elas, estava o senador Waldemir Moka (PMDB), o secretário de obras, Edson Giroto, o diretor-presidente da Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de MS), Youssif Assis Domingos e o coronel da Polícia Militar Carlos Alberto Davi dos Santos.

De acordo com o secretário de segurança pública do Mato Grosso do Sul, Wantuir Jacini, a segurança pública abrange todos os militares que foram homenageados no evento. Para ele, o objetivo de acabar com a criminalidade e socorro às vitimas que é o caso dos bombeiros, tem sido suprido pelos militares. Ele acredita que às vezes esses trabalhadores precisam ser reconhecidos para prestar ainda mais um serviço de qualidade.

“A segurança pública abrange todas as áreas militares. A Polícia Militar apoia a Poliíia Civil que apoia o Corpo de Bombeiros. O objetivo que está sendo buscado é sempre melhorar, reduzindo assim a criminalidade”, destaca Jacini.

Segundo o coronel do Corpo de Bombeiros, Ociel Ortiz Elias, receber uma homenagem como é essa é um motivo de orgulho. “Me sinto alegre em atuar no Comando Geral dos BMs. Trabalhar na área de socorro de vítimas é gratificante. O governo federal tem se esforçado em destinar subsídios para a compra de novas viaturas de resgate e outras necessidades da equipe do Corpo de Bombeiros”, salienta o coronel Ociel Ortiz.

Outra personalidade importante que recebeu a homenagem foi o coordenador de operações de Inteligência da Sejusp e delegado titular da Devir (Delegacia virtual), Marco Antônio Balsanini, que se mostrou satisfeito pelo reconhecimento.

“Toda pessoa que trabalha corretamente, merece o reconhecimento dos militares e do Governo. A delegacia virtual, por exemplo, atua desde 2006 e o número de casos resolvidos cresceu 30% ao ano. Isso desafoga os processos mais graves. Para mim isso é um avanço e não um retrocesso”, afirma Marco Antônio.

Foram concedidas ainda a 123 policiais civis, a “Medalha Tempo de Serviço” e “Medalha Mérito Policial” para aqueles que se destacaram e contribuíram no aperfeiçoamento da instituição, garantindo a segurança e tranqüilidade no Estado.

Autor: Alan Diógenes