26 de outubro de 2020
Campo Grande 27º 22º

Ingresso de Chocolate no PSD está quase acertado

O destino mais provável do vereador Chocolate, expulso do PP (Partido Progressista) por infidelidade partidária, é o PSD (Partido Social Democrático). De acordo com o vereador Coringa (PSD), Chocolate acaba de deixar seu gabinete bastante animado com a proposta. Coringa antecipou que ele, Chocolate e o presidente regional do partido, ex-senador Antônio João, almoçarão juntos na próxima segunda-feira para tratar os detalhes da filiação.

“Vamos fazer o convite e se der tudo certo a negociação, vamos dar todo o tipo de cobertura que ele precisa. Do jeito que ele quer fazer, aqui com certeza ele poderá ter uma atuação democrática. E aumentando a bancada, nosso partido assumia a segunda colocação isolada na Câmara”, declarou.

Assim como Chiquinho Telles (PSD), Coringa ressalta que Chocolate tem o perfil do partido, pois também foi líder comunitário e morou na região das Moreninhas. “Ele saiu daqui muito animado e contente com o convite. Ele gosta muito de mim. Estudamos juntos, participamos do mesmo grêmio. Ele foi meu vice-presidente no grêmio. Creio eu que ele vai gostar do PSD”.

Além do PSD, vereadores do PT e PMDB também demonstraram interesse no vereador. Chocolate foi expulso do PP em dezembro do ano passado pelo conselho de ética por, entre outras coisas, desobedecer uma ordem do partido ao votar a favor da abertura da Comissão Processante que investiga possíveis irregularidades na administração do prefeito Alcides Bernal (PP). O vereador ainda pode recorrer da decisão na executiva nacional.

Diana Christie