13 de agosto de 2020
Campo Grande 34º 21º

Jerson desafia Nelsinho e critica discussão sobre seu voto

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado estadual Jerson Domingos, afirma que a discussão sobre sua preferência pelo senador Delcídio do Amaral (PT) para assumir o governo do Estado é sem nexo e imatura.  “Se todos que discordam da posição de André ou da executiva do partido têm que se licenciar, o Marquinhos Trad também do PMDB, por exemplo, deveria sair também”, afirma Jerson.O deputado tem enfrentado alguns embates dentro do partido devido a seu posicionamento favorável á candidatura de Delícidio ao governo do Estado. Jerson, após a declaração amenizou e disse que seguirá a posição de André Puccinelli, figura mais expressiva do partido, mas questionou se o governador teria que se licenciar do PMDB para poder apoiar a presidente Dilma Rousseff. Jerson aproveitou para dizer que não se sente de forma alguma pressionado a apoiar Nelsinho sob pena de perder sua indicação para o TCE (Tribunal de Contas), uma vez que a indicação é feita pelos parlamentares da Assembleia cuja maioria é da bancada do PMDB. “Tenho ótimo relacionamento com todos os meus colegas aqui e desafio Nelsinho a concorrer comigo”. Heloísa Lazarini e Diana Christie