25 de setembro de 2020
Campo Grande 36º 22º

Mario Cesar diz que Processante foi derrubada, mas improbidade administrativa deveria ser investigad

Mario Cesar

O presidente da Câmara Municipal, Mario Cesar (PMDB), disse que justiça não levou o mérito da questão da Comissão Processante que é investigar a improbidade administrativa provavelmente cometida pelo prefeito Alcides Bernal (PP).

Para ele o prefeito questionou os nomes dos integrantes que fazem parte da comissão. Além disso, alegou que a Processante não possuía argumentos necessários para cassá-lo, mas se esqueceu que realmente cometeu irregularidades na contratação emergencial de empresas que prestaram serviços em Campo Grande.

“Ele fez de tudo para não ter que vir prestar seu depoimento. Apesar de ficarmos nesse jogo de liminar e mandado de segurança, não temos como esquecer qual é o principal objetivo da comissão era o de investigar todos os fatos que não ficaram acertados”, finaliza Mario.

Alan Diógenes