03 de dezembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

PDT ainda não se decidiu quanto ao apoio de André no senado em 2014

Alan Diógenes

O ex-deputado federal Dagoberto Nogueira declarou que o apoio do PDT ao PMDB em Mato Grosso do Sul depende da decisão do governador André Puccinelli (PMDB) em ser o candidato ao senado em 2014, desta maneira a aliança já estaria decidida.

Em resposta a essa declaração, o presidente estadual do PDT em Mato Grosso do Sul, João Leite Schimidt, disse que Dagoberto Nogueira que é vice-presidente do partido está falando por ele mesmo e que ainda nenhuma decisão foi tomada quanto ao apoio ao PMDB.

“Ele está falando por conta própria e não em nome do partido. Não decidimos quem iremos ou não apoiar ainda, essa questão só serão debatida no ano que vem”, afirma Schimidt.

De acordo com Schimidt, quanto às declarações de Dagoberto o partido não tomou nenhuma atitude, mas que o “puxão de orelha” está sendo dado através da imprensa.

“Não vai haver nenhuma punição quanto ao que Dagoberto fala. As matérias que saem na mídia já fazem isso, então cabe a ele ter um bom senso e analisar o que vai ou não dizer”, ressalta Schimidt.