20 de setembro de 2020
Campo Grande 27º 19º

URNAS 2020

Pesquisas consolidam candidatura de Paulo Duarte à Prefeitura de Corumbá

Empate técnico e até dianteira sobre atual prefeito turbinam ingresso de emedebista na sucessão corumbaense

A disputa pela Prefeitura de Corumbá começa a ser desenhada na polarização de dois antagonistas: o prefeito Marcelo Iunes (PSDB), que quer mais quatro anos, e o ex-prefeito Paulo Roberto Duarte (MDB). Enquanto Iunes, que se desgasta com sucessivas denúncias, põe suas fichas no prestígio do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e no apoio de lideranças locais, como a deputada federal Bia Cavassa e o deputado estadual Evander Vendramini, o emedebista Duarte chega embalado pelas pesquisas e o apoio do ex-governador André Puccinelli.

No entanto, apesar da importância dos “cabos eleitorais” de luxo como Azambuja e Puccinelli, quem vai decidir mesmo esse confronto é a realidade que cada um terá para apresentar ao eleitorado.  E  nada mais apropriado que uma pesquisa para aferir quais as tendências dos corumbaenses que irão às urnas em outubro. A sondagem mais recente foi feita pela Ranking Comunicação e Pesquisas, que ouviu 400 eleitores corumbaenses nos dias 27, 28 e 29 de fevereiro.

Com 95% de confiabilidade e 4,85% de margem de erro (para mais ou para menos), a amostragem atestou a polarização entre os dois oponentes. Prefeito e ex-prefeito estão palmo a palmo nas intenções de voto dos eleitores, com pontuações acusando o empate técnico.

Na espontânea, Marcelo Iunes, que desde o ano passado trabalha abertamente sua pré-candidatura, aparece com 12,50%, ao passo que Duarte, logo a seguir, tem 11,25%. Dos demais nomes citados na espontânea, apenas três conseguiram pontuar acima de 1%: Bia Cavassa, que não está na disputa (7%), o engenheiro Elano Almeida, do PSL (1,50%) e o vereador Gabriel de Oliveira, do MDB (1%).

Na estimulada, a diferença mínima entre prefeito e ex-prefeito se mantém: Iunes tem 27,25% e Duarte 26,75%. Completam as citações Bia Cavassa (16,50%), Elano (7,75%) e Evander Vendramini, do PP (4,50%). Não sabem e não responderam 17,25% das pessoas entrevistadas. A Ranking apurou também as intenções de voto dentro de um segundo cenário na sondagem estimulada. Nesta, Duarte tem a preferência, com 39,25%. Iunes fica em segundo, com 35,50%, e Elano em terceiro, com 15,50%. Os que não sabem ou não responderam somam 9,75%.

REJEIÇÃO 

O prefeito Marcelo Iunes, de acordo com o levantamento da Ranking, é o pré-candidato com o mais alto índice de rejeição junto aos eleitores de Corumbá. Seu índice é de 21,25%, o dobro atribuído a Paulo Duarte (10,50%). Bia (9%), Evander (7,75%) e Elano (7,50%) fecham esse item da pesquisa, no qual 44% de eleitores não responderam ou não souberam responder.

AVALIAÇÃO 

Além da pontuação de Duarte e do seu elevado índice de rejeição, o prefeito tem ainda que preocupar-se com a própria popularidade. A Ranking quis saber dos eleitores sua avaliação sobre o desempenho da administração municipal. Para 26% ela é boa ou ótima, um índice que se equipara aos 24,75% que a consideram péssima ou ruim. Os que qualificam de regular a gestão de Iunes são a maioria: 37,50%, enquanto 11,75% não sabem ou não responderam.