22 de junho de 2021
Campo Grande 28º 16º

Prefeitura divulga laudo que comprova necessidade do ‘polêmico’ tapa buraco

Divulgado pela mídia como um serviço de tapa buracos feito onde não havia buraco, a Prefeitura de Campo Grande divulgou laudos que comprovam a correção do serviço.

A- A+

Divulgada em 29 de janeiro deste ano, pela mídia regional e nacional, uma denúncia de operação de tapa buracos onde supostamente não havia buracos a serem tapados, conforme vídeo captado por câmara de segurança de um edifício, foi respondida através de laudos técnicos apresentados pela Selco Engenharia, empresa responsável pelo trabalho, corroborado por laudo da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação).

Em relatório de dez páginas, o responsável técnico, engenheiro civil Talles Teylor dos Santos Mello explicita os critérios para elaboração do trabalho por meio das instrução normativa n° 02 da Prefeitura Municipal de Campo Grande, expecificação DNER 321/97, manual e normas técnicas DENIT. O laudo conclui que o caso ocorrido na Rua Jornalista Marcos Fernandes Hugo Rodrigues, se enquadra nas disposições de execução de obras para fissuras e trincas, que era o caso, portanto o procedimento se deu de forma correta.

O laudo informa, ainda, que “na imagem do condomínio (que serviu de base para a denúncia) não é possível ver a existência dessas fissuras e trincas no asfalto. Entretanto, fotos de melhor qualidade tiradas no local em questão mostram a real situação na qual se encontra o pavimento.

Acompanha laudo da Seintrha, assinada pelo engenheiro civil João Parron Maria, que conclui que “o vídeo mostrado na mídia apresenta todos os passos que se exige qualquer normativa das citadas (...) para a execução dos serviços de tapa buracos.”