21 de junho de 2021
Campo Grande 27º 16º

Política

Proposta determina que portões eletrônicos tenham dispositivo antiesmagamento

A- A+
Divulgação
Deputado Roberto de Lucena discursa no Plenário da Câmara
Lucena: dispositivo antiesmagamento não é novo nem caro

O Projeto de Lei 259/21 determina que portões eletrônicos deslizantes, basculantes ou pivotantes, fabricados no País ou importados, sejam dotados de dispositivo antiesmagamento. O texto está em análise na Câmara dos Deputados.

Conforme a proposta, os equipamentos em uso deverão ser adaptados em até 90 dias após a futura lei, sob pena de multa de R$ 500. Outras sanções poderão ser aplicadas conforme o Código de Defesa do Consumidor.

"Além de prevenir a ocorrência de tragédias, o dispositivo antiesmagamento traz vantagens materiais, impedindo que um veículo venha a sofrer danos expressivos", disse o autor, deputado Roberto de Lucena (Pode-SP).

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Defesa do Consumidor; de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem Ralph Machado
Edição Natalia Doederlein