28 de setembro de 2020
Campo Grande 34º 24º

PSB pode lançar candidato ao governo. Quatro nomes são destaque

O PSB (Partido Socialista Brasileiro) cogita a possibilidade de lançar candidato próprio ao governo do Estado para criar um palanque de apoio ao pré-candidato do partido à presidência da República, governador de Pernambuco, Eduardo Campos. De acordo com o vice-presidente regional do PSB, Sérgio Assis, no mínimo três nomes possuem força expressiva para disputar o cargo.

“O Mato Grosso do Sul tem a particularidade sobre os dois pré-candidatos. Um é o PT da Dilma (Rousseff, presidente) e o outro é o PMDB com o vice da Dilma (Michel Temer). Tanto um como outro estarão no palanque da Dilma. E nós temos aliados como o PPS que também pode lançar candidato”, declarou.

Entre os possíveis pré-candidatos, Sérgio Assis cita o próprio nome pela sua experiência como ex-vereador de Campo Grande e ex-deputado estadual. Cita também o presidente regional do PSB e prefeito de Dourados, Murilo Zauith, e a pastora filantropa Janete Moraes, filha do ex-prefeito de Dourados Antônio Moraes dos Santos.

Segundo o presidente municipal do PSB, vereador Carlão, mais importante que vencer aqui no Estado é fazer o que for melhor para viabilizar a candidatura de Eduardo Campos. “Temos também o Moacir Kohl (vice-governador na gestão de Zeca do PT). A Janete, apesar de não ter história política, tem estrutura financeira e uma longa caminhada com a filantropia. O pai dela doou dinheiro para construção Hospital (do Câncer) de Barretos. O objetivo é não fazer feio”, brincou.

Otimista, Sérgio Assis compara o possível candidato do PSB ao prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP). “Bernal saiu sozinho só pra montar palanque e ganhou. Temos até abril para tomar uma decisão definitiva”.

Alianças – Enquanto as lideranças do partido negam qualquer aproximação com o PT ou como o PMDB, o recém-filiado e ex-conselheiro do TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado), José Ancelmo, é favorável a uma coligação com o PMDB do governador André Puccinelli. “Se me perguntarem a quem o PSB deve se aliar, com certeza eu vou indicar o candidato do André”.

Diana Christie