29 de setembro de 2020
Campo Grande 37º 20º

PTB é mais uma baixa na lista de aliados do PMDB

O PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) deve ser mais um a integrar a base de aliados do pré-candidato do PT ao governo do Estado senador Delcídio do Amaral. Segundo o presidente regional do partido, Ivan Louzada, a direção da sigla estava apenas aguardando a resolução do governador André Puccinelli (PMDB) sobre se candidatar ou não ao Senado.

"O PTB tinha compromisso com André se ele fosse candidato ao Senado, mas como ele desistiu agora PTB está livre. Voltamos à estaca zero, e a procura de novos aliados", explica. Lousada afirma que a aliança com o PT deve ser vista neste momento apenas como uma das diversas possibilidade do partido, entre elas o lançamento de uma candidatura própria para disputar o governo do Estado criando a tão falada recentemente terceira via na disputa eleitoral.

"É bom voltar para estaca zero porque o PTB pode cogitar candidatura própria ou um lugar na majoritária. temos bons nomes como Chico Maia, presidente da Acrissul, e Sergion Longen, presidente da Fiems", explica. Adentrar a uma chapa majoritária é um desejo antigo do PTB, que tem por ideologia atender os interesses da classe empresarial do Estado, e gostaria de poder, por exemplo, indicar um vice na chapa petista. Este ano, a cúpula do partido se reuniu com Delcídio e membros da executiva do PT.

Heloísa Lazarini e Tayná Biazus