15 de agosto de 2020
Campo Grande 35º 22º

Puccinelli garante que Aquário do Pantanal fica pronto em 2014

Diana Christie e Alan Diógenes

O governador André Puccinelli (PMDB) garantiu hoje durante a abertura da Semana de Ciência e Tecnologia que aconteceu no Parque das Nações Indígenas, que o Aquário do Pantanal fica pronto entre maio e junho de 2014.

De acordo com o secretário de estado de Meio Ambiente, Carlos Alberto Menezes, o Aquário servirá como centro de pesquisas para desenvolver a piscicultura do Mato Grosso do Sul. Ele conta que as pesquisas realizadas no local contribuirão para conhecer a rica biodiversidade do Pantanal que ainda não foi totalmente explorada.

O secretário explica ainda que 70% da obra está concluída, e só falta o acabamento que será feito com peças mais “sofisticadas”, importadas do Colorado nos Estados Unidos. Ele garante que a obra vai trazer novas oportunidades de emprego, valorizar o turismo na região e ajudar na educação para o uso sustentável dos recursos naturais. “Não existe internacionalmente um aquário desta dimensão”, finalizou.

O evento – A Semana de Ciência e Tecnologia que começou hoje vai até o dia 25 de outubro. O tema central deste ano é “Ciência, Saúde e Esporte”. Em Campo Grande, as atividades ficarão concentradas no Parque das Nações Indígenas. Com o objetivo de estimular e promover a difusão e apropriação social de conhecimentos científicos e tecnológicos relacionados à temática, o evento acontece também em Coxim, Dourados, Corumbá, Aquidauana e Ponta Porã.

O superintendente da Ciência, Tecnologia e Inovação Felipe Augusto Dias explica que neste ano a Semana está mais voltada para a saúde e o esporte, focando principalmente na alimentação. “O evento tenta mostrar para a sociedade que ciência e tecnologia andam juntas, é preciso fazer uma socialização dessas duas áreas”, completou.

Entre as oito instituições parceiras que promovem os workshops e palestras, estão a UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), a UFMS (Universidade Federal do Mato Grosso do Sul), o Sebrae, a Semac (Secretaria Estadual de Meio Ambiente do Planejamento, da Ciência e Tecnologia), a Sucitec (Superintendência de Ciência, Tecnologia e Inovação) e a Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul).