29 de setembro de 2020
Campo Grande 37º 20º

Puccinelli pede que deputados votem projeto de privatização das rodovias com urgência

Na manhã de hoje, o governador André Puccinelli (PMDB) afirmou que pediu aos deputados estaduais que votem com urgência o projeto de privatização de 11 rodovias estaduais. “Fui até a ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) e pedi a eles que votem o projeto com urgência, pois se for aprovado levará cerca de sete meses para a concessão se concretizar. Eu gostaria que a concretização fosse iniciada ainda no meu governo”, afirma o governador.

Questionado sobre a possibilidade do projeto não ser aprovado, Puccinelli garante que tem importância suficiente para ser aprovado e vai desafogar o fluxo de veículos da BR 163. “Eu não acredito que o projeto não será aprovado, a Assembleia não vai fazer essa burrada, independente de oposição ou não, é um projeto bom para o Estado e irá trazer parcerias e convênios com o governo federal, o que significa mais recurso para estado”.

Em relação ao transporte em MS, André ressaltou que fez um pedido ao governo federal em sua última visita à Brasília e mesmo sendo uma responsabilidade do prefeito, solicitou ampliação no anel viário da Capital. “Eu pedi pelo anel viário de Campo Grande, a prerrogativa é sempre dos prefeitos, mas pensando no bem da população e mesmo não tendo o aval do prefeito, eu fiz o pedido e solicitei a ampliação do anel viário”, explica Puccinelli.

O governador deixou claro que as obras de anel vário se iniciaram com o prefeito Juvêncio Lúdio, que fez o trecho da saída de São Paulo até Sidrolândia. “O Juvêncio iniciou, em seguida eu fiz Sidrolândia e Aquidauana, Aquidauana até o trecho da Pimenta na saída de Rochedo e o Nelsinho continuou. Dinheiro em caixa tem, faz quem quer. Fiz o pedido pensando no bem de Campo Grande”, finaliza  André.

Dany Nascimento e Heloísa Lazarini