05 de agosto de 2020
Campo Grande 31º 16º

Redução da tarifa não interferirá na receita da Capital, diz Paulo Pedra

Alan Diógenes

O vereador Paulo Pedra (PDT) conversou com o site MS Notícias nesta de segunda-feira (28), ele afirmou que concorda com a posição do prefeito Alcides Bernal de baixar o valor da tarifa do transporte público retirando o ISS do valor cobrado pelas passagens.

Segundo o vereador a isenção da cobrança do ISS desse valor não influenciará na receita de Campo Grande. Para ele o prefeito possui outras formas de cobrir esse valor.

“Essa redução não vai interferir na receita, pois a Prefeitura tem outras fontes de arrecadar esse valor. A cidade de Campo Grande tem uma receita forte pela questão da construção civil que cresceu na cidade de uns anos para cá”, afirma Paulo Pedra.

Para Paulo Pedra, após a aprovação do projeto por parte da Câmara de vereadores é hora de fiscalizar para que a população tenha um transporte coletivo de qualidade. “A Câmara Municipal é um importante órgão fiscalizados nesse sentido, por exemplo, precisamos pedir dois terminais na região do bairro Coophasul e Tiradentes que ainda sofre com a falta de ônibus”, conclui Pedra.

Na terça-feira (28), a Prefeitura enviará o projeto de redução da tarifa. O prefeito pediu que a votação fosse realizada em regime de urgência pelos vereadores.