04 de agosto de 2021
Campo Grande 28º 14º

Sessão começa gerando tumulto dentro do plenário

A- A+

A sessão de julgamento acabou de começar. O prefeito Alcides Bernal (PP) ainda não está presente e seu advogado, Jesus de Oliveira Sobrinho, está sentado junto à mesa diretora composta pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Mario Cesar (PMDB), pelo vereador Delei Pinheiro (PSD) e pela procuradoria jurídica da Casa. Poucos momentos antes, o vereador Paulo Pedra (PDT) solicitou à mesa diretora que explicasse aos presentes o rito da sessão gerando certo tumulto. Manifestantes gritam que o STF (Supremo Tribunal Federal) manteve a decisão responsável pela retomada do julgamento. A vereadora Luiza Ribeiro (PPS) pediu ao presidente que junte ao relatório que começa a ser lido por Delei Pinheiro, a decisão do juiz da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos, Individuais e Homogêneos de Campo Grande, David de Oliveira Gomes Filho, que rejeitou a ação movida pelo MPE (Ministério Público Estadual) contra o prefeito por improbidade administrativa baseada no relatório da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Calote. As pessoas que ficaram do lado de fora podem acompanhar a sessão por um telão. Diana Christie e Heloísa Lazarini