20 de setembro de 2020
Campo Grande 27º 19º

Com metade da chapa composta por mulheres, Simone dá início à campanha

A candidata ao Senado, Simone Tebet (PMDB), falou na manhã de hoje sobre a importância de ter mulheres dentro da política, concorrendo às vagas e afirmou ainda que o PMDB possui hoje 50% de homens e 50% de mulheres concorrendo nesta campanha de 2014.

“Dessa forma eu posso caminhar com tranquilidade, pedindo votos de casa em casa, por era isso o que eu queria”. Com isso, Simone quis dizer que sente-se a vontade ao fazer sua campanha, sabendo que ao seu lado mais mulheres disputam vagas.

A candidata destacou também que a escolha da candidata vice-governadora, Janete Moraes, ao lado de Nelsinho Trad, se deve principalmente ao fato de Janete ser mulher. “Eu fui a primeira vice-governadora que o Estado teve, e devemos dar continuidade a isso, não podemos perder espaço”. Simone lembrou também que Janete possui diversos projetos sociais e destacou um projeto que é voltado para o lixão, o que ajuda no desenvolvimento social.

O seu nome como candidata ao senado e o da candidata a vice-governadora, para Simone é de extrema importância e garante que o Brasil poderá ser melhor se 25% das mulheres preencherem os cargos políticos. “Quem sabe podemos chegar a 30%?”, questionou.

Simone espera que sejam eleitas na Assembleia Legislativa, de quatro a cinco mulheres e agradece ainda o PSB por ter indicado a Janete. “Se eu fosse escolher um nome, não escolheria tão bem”.

Ao finalizar, Simone acredita não ter a mesma competência que seu pai, Hames Tebet, e nem do atual governador André Puccinelli (PMDB), mas garantiu coragem em atender o pedido da população e trabalhar por mudanças.

Tayná Biazus e Dany Nascimento