26 de outubro de 2020
Campo Grande 27º 22º

“Um simples telefonema resolveria tudo isso”, afirma presidente municipal do PSDB sobre saída de Cha

entrevista-carlos-alberto-assis-folha-de-campo-grande-ms-2013

O presidente municipal do PSDB, Carlos Alberto Assis, afirmou na manhã de hoje que caso o chefe do executivo municipal, Alcides Bernal (PP) e os atuais secretários municipais de educação, José Chadid e de esportes, Leila Machado tivessem comunicado previamente o partido a respeito do convite feito para que assumissem as secretarias ofertadas por Bernal, muito provavelmente a saída de ambos do PSDB não teria acontecido.

“Em nenhum momento o partido foi comunicado a respeito da nomeação deles, e o grande problema não foi o convite e sim não nos comunicar, até porque não haveria problema algum se fossemos comunicados previamente. Encaramos toda essa situação como uma quebra de confiança e um desrespeito, tanto por parte dos filiados como do prefeito. Um simples telefonema resolveria isso”, disse o presidente.

Logo após o episódio ocorrido em outubro do ano passado em que Chadid foi expulso do PSDB depois de assumir a coordenação da SEMED, desta vez foi a vez de Leila Machado, que após ter licença de 90 dias concedida pelo PSDB para que pudesse decidir se continuava a frente da secretária municipal de esportes ou permanecia filiada ao seu partido, optou por pedir a desfiliação do PSDB na manhã de ontem.

Clayton Neves