16 de maio de 2022
Campo Grande 21º 13º

INTERIOR | MS

Vídeo: pelado e armado, radialista invade sorveteria em Três Lagoas

Homem ainda furtou um carro e derrubou o portão do batalhão da PM

A- A+

Surtou, diz a polícia, sobre um radialista de 42 anos preso ontem (24.jan), após invadir uma sorveteria pelado e armado com facas. O caso aconteceu durante a noite em Três Lagoas (MS).

A sorveteria fica na rua Oscar Guimarães, no Centro, lá ele ameaçou as funcionárias do estabelecimento, momento em que foi acionado o botão de pânico da empresa de segurança e em alguns instantes um dos seguranças chegou ao local.

Porém, de acordo com a Polícia Militar (PM), o indivíduo furtou o carro do segurança, saiu em alta velocidade e só parou ao colidir e derrubar o portão do batalhão PM do município.

Um vídeo mostra o indivíduo pelado pelas ruas. Ele parece estar desorientado pedindo "perdão" a populares que reagem a situação de atentado ao pudor. Veja no Instagram do @MSNOTÍCIAS.

A força do impacto foi tão forte que o portão medindo 6 metros por 2,5 metros e de ferro, foi parar no pátio do batalhão.

Surtado M.A de S.C. tentou invadir o Centro de Operações Militares (Copom) e a todo momento rolava no chão e gritava que alguém queria matá-lo. Ao ver os policiais militares, M.A. de S.C. foi preciso o uso da força para dominá-lo. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e após ser sedado, o radialista foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde ficou em observação até o feito do sedativo passar.

Posteriormente levado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), onde foi registrado um boletim de ocorrência por ameaça, roubo, dano ao patrimônio público e privado, resistência e direção perigosa de veículo em via pública.

Após o acidente, o suspeito foi encaminhado para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e em seguida foi levado à Delegacia, para os procedimentos legais cabíveis.

Ainda de acordo com a PM, ele afirmava que havia pessoas o perseguindo para matá-lo.

O caso segue em investigação.