26 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 21º

Governador se reúne com fabricantes de MDF para discutir instalação de unidade em Água Clara

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou, hoje pela manhã, que o programa estadual que permite isenção de impostos para atrair empresas e fábricas para Mato Grosso do Sul até 2028 é importante para  garantir o desenvolvimento econômico do Estado. O governador assinou hoje a prorrogação do prazo para que as empresas interessadas em vir para o Estado apresentem documentos e projetos pleiteando a isenção fiscal, que pode chegar até 95% do valor do tributo.

O prazo foi prorrogado por mais 30 dias e vence dia 31 deste mês. Puccinelli destacou que o principal objetivo da prorrogação é trazer para o Estado mais indústrias. "Estamos garantindo a sobrevivência do Estado e de empresas com a adesão daquelas que não acordaram antes." O governador usou como exemplo uma fábrica de MDF que pretende construir uma unidade no Estado e irá se inscrever este mês com a prorrogação do prazo.

"Hoje à tarde teremos uma reunião e a fábrica deve ser instalada em Água Clara. Isso é um exemplo de empresas que vêm para cá, por meio desse incetivo", afirma. Segundo o governador, se os estados como os da região centro-oeste não praticassem esse tipo de incentivo, a região acabaria. "Se não houver incentivo fiscal, o Brasil acaba porque as fábricas voltam a se instalar somente em São Paulo. Esse é um pedido de todos os estados à União para ela possa incentivá-los a redução a carga tributária."

Heloísa Lazarini e Tayná Biazus