27 de julho de 2021
Campo Grande 31º 12º

Produção de soja foi record no estado, aumentando 5,2%

A- A+

Aconteceu hoje o lançamento da colheita da safra do soja  2013/2014, pela Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja do Mato Grosso do Sul), na Estância Cláudia. Foram divulgados os números oficiais do volume, produção, comercialização e a perda da soja no Estado nesta safra. O volume colhido foi 5% maior que na última safra, com 6,1 milhões de toneladas do grão.

Assim como em outros setores, a soja também foi afetada devido a estiagem de 40 dias principalmente no sul do Estado, nas cidades de Maracaju, Sidrolândia, Rio Brilhante, Itaporã, Fatima do Sul e Ponta Porã. De acordo com o presidente da Aprosoja, Maurício Saito,essa estiagem fez com que a produção caísse e colhesse apenas 6,5 mil toneladas, uma queda de 300 mil toneladas nesta safra.

A fator “praga” não fez com que a produção tivesse prejuízos significativos. A descoberta  imediata da helicoverpa e da ferrugem  fez com que os produtores monitorassem continuamente as lavouras e mantiveram as plantações sob controle, além de não precisar fazer o uso de agrotóxicos.

Para o presidente da Famasul, Eduardo Riedel, o sistema está trabalhando para gerar competitividade entre os produtores. Até o momento já foram colhidos 2% das lavouras.

A estimativa é para que a colheita da soja encerre na primeira quinzena de março, momento em que também será realizada o final do plantio da safrinha do milho.

Tayná Biazus