MS Notícias

tera, 21 de janeiro de 2020

Inscritos

Candidatos a professor fazem prova no domingo e governo divulga inscritos

É o primeiro processo seletivo com novas regras aprovadas no ano passado

Por: Campo Grande News14/01/2020 às 15:37
ComentarCompartilhar
Os candidatos a professores temporários da rede estadual de ensino de Mato Grosso do Sul realizarão no próximo domingo a prova necessária para ministrar as aulas. A lista com os inscritos no processo de seleção foi publicada na edição desta terça-feira, do Diário Oficial do Estado. O grupo será o primeiro a se submeter às novas regras, aprovadas no ano passado, para escolha de profissionais contratados.
 
Composto de duas etapas, o processo seletivo terá a primeira fase composto de prova escrita objetiva com duração de três horas, nos municípios de Campo Grande e Dourados. A prova, de caráter eliminatório e classificatório, será avaliada de 0 a 30 pontos, e constará de 30 questões de múltipla escolha, com peso um, cada qual contendo 5 alternativas, sendo uma única alternativa correta.
 
Conforme os procedimentos, ensalamento, horário e locais serão divulgados em edital específico, que será publicado no Diário Oficial Eletrônico do dia 16 de janeiro de 2019, no endereço www.imprensaoficial.ms.gov.br e disponibilizado, via internet, no site www.fundacaofapems.org.br
 
A segunda etapa é composta de avaliação curricular (Prova de Títulos) e serão realizadas também nos municípios de Campo Grande e de Dourados, no mesmo dia, no período vespertino.
 
Além de novo método de seleção, houve alteração quanto a remuneração dos profissionais. Conforme a tabela de valores estabelecidas pelo governo, o profissional convocado a atuar nas salas de aula com formação de magistério receberá por 40 horas semanais inicialmente R$ 2.733,33, os com graduação sem licenciatura receberão R$ 3.690, os graduados com licenciatura receberão R$ 4.100, os professores com especialização receberão inicial de R$ 4.373,27 e com mestrado e/ou doutorado o valor pago será de R$ 4.510.
 
Até o ano passado, os contratados recebiam até R$ 6.079 para cumprir 40h semanais. A rede estadual de ensino conta com 11 mil professores temporários e 8 mil concursados.
Deixe seu Comentário

TV MS

17 de janeiro de 2020
Quem não é comunista é fascista
Quem não é comunista é fascista

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua referência em jornalismo no Mato Grosso do SulRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270

Editorias

Institucional

Mídias Sociais

© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma