23 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 20º

Título

Eleitor que não regularizar título até esta quarta-feira fica impedido de votar em 2020

Serviço está disponível online e quem tiver pendência e perder a data fica impedido de votar

Termina nesta quarta-feira (6) o prazo para eleitores regularizarem seus títulos. A partir desta data, alterações no cadastro eleitoral ficam proibidas e quem tiver pendência e não resolver a tempo fica impedido de votar nas eleições municipais de 2020. A exceção é para pendências relacionadas à biometria, cujo eleitorado poderá comparecer normalmente às urnas.

Em Mato Grosso do Sul, os serviços de primeira via, transferência de domicílio, atualização e regularização de cadastro ou local de votação estão sendo feitos pela internet, por meio do sistema Título Net. O link está disponível no site do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) e pode ser acessado clicando aqui. O passo-a-passo para regularização virtual pode ser acessado clicando aqui. Primeiro, o eleitor deve verificar se possui algum débito com a Justiça Eleitoral. Caso tenha, é possível gerar boleto de pagamento pelo próprio sistema.

Na sequência, é preciso tirar fotos da documentação exigida, conforme lista disponível no link de acesso mencionado acima. Por fim, é preciso enviar o requerimento para dar início ao atendimento virtual. A plataforma permite também o acompanhamento posterior das solicitações, para confirmar a conclusão do processo de regularização.

Aqueles que não cumprirem o prazo ficarão impedidos de sanar as pendências até o término das eleições. A exceção é para os casos de ausência de cadastramento biométrico obrigatório, cujos cancelamentos foram suspensos pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Portanto, mesmo quem não atualizou o cadastro poderá votar em outubro. Os títulos pendentes de biometria serão suspensos somente após as eleições, quando o eleitor terá que regularizar a situação.