28 de setembro de 2020
Campo Grande 34º 24º

UEMS

Matrículas na UEMS ocorrem nos dias 31 Janeiro e 03 a 05 de Fevereiro

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) torna público o Edital de Convocação de Candidatos classificados dentro da Chamada Regular do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) para 2020, expedido pela Diretoria de Registro Acadêmico (DRA).

As matrículas ocorrerão nos dias 31 de janeiro e de 03 a 05 de fevereiro das 13h às 17h (exceto em Aquidauana: das 13h às 16h30) nas Coordenadorias de Cursos, podendo ser efetuada em qualquer Unidade Universitária da UEMS pelo candidato ou por terceiro, com procuração simples, exceto candidatos cotistas negros.

As fotocópias dos documentos, necessários para a matrícula, serão conferidas pelo servidor responsável pela matrícula, à vista do documento original, com carimbo que atesta conferência com o original.

Matrículas em Dourados

Serão realizadas nos seguintes locais, conforme os respectivos cursos:

Bloco D – secretaria Acadêmica piso superior: Ciências Biológicas (Bacharelado e Licenciatura), Enfermagem e Turismo.

Bloco G – secretaria Acadêmica piso superior: Ciência da Computação, Sistemas de Informação e Matemática.

Bloco F – secretaria Acadêmica piso superior: Direito, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Física, Física, Letras (Inglês e Espanhol), Pedagogia, Química, Química Industrial.

Documentos para matrícula

Ampla concorrência (Gerais)

a) Histórico escolar do Ensino Médio concluído em qualquer modalidade ou diploma de ensino superior registrado pelo órgão competente;

b) Documentação de Identificação Pessoal (no caso de candidato estrangeiro, deverá apresentar a documento de identidade para estrangeiro, válido à data da matrícula);

c) Comprovante de quitação com a justiça eleitoral;

d) Cadastro de pessoa física, caso não conste na cédula de identidade;

e) Certidão de alistamento militar ou de quitação com o serviço militar, para maior de dezoito anos, se do sexo masculino;

f) 1 (uma) fotografia 3x4 recente.

Candidatos Negros (pretos e pardos) que cursaram integralmente o Ensino Médio em escolas públicas

Obrigatoriamente, deverá comparecer, pessoalmente, em uma das Unidades Universitárias em que estiver instalada a banca avaliadora de traços fenotípicos, que expedirá um documento deferindo ou indeferindo a realização da matrícula.

O não comparecimento à banca avaliadora de traços fenotípicos no horário e locais estabelecidos em edital desclassifica o candidato, que não terá mais direito à matrícula e nem de permanecer na lista para possíveis chamadas futuras.

Em caso de indeferimento o candidato poderá interpor recurso junto à banca recursal. Caso a decisão do recurso seja pelo indeferimento, o candidato perderá o direito à vaga.

As bancas avaliadora e recursal serão instaladas nas Unidades Universitárias de Aquidauana, Campo Grande, Cassilândia, Dourados, Jardim e Paranaíba.

Em caso de Deferimento da banca avaliadora, para a realização da matrícula, o candidato deverá apresentar OBRIGATORIAMENTE os seguintes documentos:

a) Documento expedido pela banca avaliadora de traços fenotípicos, após entrevista;

b) Histórico escolar do ensino médio ou comprovante de conclusão (comprovando que cursou integralmente o Ensino Médio em escolas públicas), expedido por escola da rede pública de ensino federal, estadual ou municipal;

c) Documento de Identificação Pessoal (no caso de candidato estrangeiro, deverá apresentar a documento de identidade para estrangeiro, válido à data da matrícula);

d) Comprovante de quitação com a justiça eleitoral;

e) Cadastro de pessoa física, caso não conste na cédula de identidade;

f) Certidão de alistamento militar ou de quitação com o serviço militar, para maior de dezoito anos, se do sexo masculino;

g) 1 (uma) fotografia 3x4 recente.

Candidatos Indígenas que cursaram integralmente o Ensino Médio em escolas públicas

a) Histórico escolar do ensino médio ou comprovante de conclusão (comprovando que cursou integralmente o Ensino Médio em escolas públicas), expedido por escola da rede pública de ensino federal, estadual ou municipal;

b) Para identificação étnica, apresentar um dos documentos:

Registro Administrativo de Nascimento de Índio (RANI); ou registro Administrativo de Casamento de Índio (RACI); ou Certidão de Registro Civil de Nascimento com identificação étnica; ou carteira de Identidade (RG) com identificação étnica; ou autodeclaração conforme modelo da UEMS (vide anexo III)

c) Documento de Identificação Pessoal (no caso de candidato estrangeiro, deverá apresentar a documento de identidade para estrangeiro, válido à data da matrícula);

d) Comprovante de quitação com a justiça eleitoral;

e) Cadastro de pessoa física, caso não conste na cédula de identidade;

f) Certidão de alistamento militar ou de quitação com o serviço militar, para maior de dezoito anos, se do sexo masculino;

g) 1 (uma) fotografia 3x4 recente.

Os candidatos, cujos estudos tenham sido realizados no exterior, deverão apresentar:

Documento de identidade para estrangeiro, válido à data do registro – original e (uma) fotocópia;

Uma fotografia 3x4 recente;

Certidão de registro civil de nascimento ou casamento – original e 1 (uma) fotocópia;

Prova de conclusão de escolaridade do ensino médio ou superior no Brasil ou declaração de processo de equivalência de estudos realizados no exterior, concedida pelo órgão competente – original e 1 (uma) fotocópia.