28 de novembro de 2020
Campo Grande 36º 23º

Coronavírus

Presídios de MS produzem materiais para hospitais na luta contra o coronavírus

Internos estão produzindo materiais de higiene, álcool 70º, máscaras, capotes e gorros

O Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) e parceiros, abriu uma importante frente de trabalho na luta contra a pandemia do Covid-19. Reeducandos de várias unidades penais iniciaram nesta semana a confecção de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), materiais de higiene, álcool 70º, máscaras, capotes e gorros.

Conforme o Portal do MS, a medida foi adotada diante da falta de equipamentos para profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à pandemia. Toda a iniciativa é coordenada pela Diretoria de Assistência Penitenciária da Agepen, por meio das Divisões de Saúde e Trabalho Prisional, e conta com parceria da Secretaria Estadual de Saúde (SES).

De acordo com a integrante do Comitê de Operações de Emergência (COE) da SES,  infectologista Mariana Croda,  que realiza a monitoração técnica de todo o trabalho realizado junto aos presídios, essa proposta surgiu da grande necessidade dos hospitais de diferentes municípios utilizarem roupas privativas e equipamentos de proteção individual, que estavam em falta no mercado especializado.

“Do ponto de vista do serviço de saúde essa parceria é muito importante, essa produção vai atender a demanda que existe e que está por vir, vai abastecer os hospitais para que todos possam usufruir e poupar os equipamentos que existem para os profissionais que vão estar à frente dos atendimentos do coronavírus”, destaca a médica especialista.

O diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves, ressalta que todos os materiais  estão sendo confeccionados dentro das normas sanitárias.