03 de dezembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

Proprietário da São José afirma que não tem medo de conflito

Tayná Biazus Neste fim de semana mais duas fazendas foram invadidas na região de Japorã, interior do Estado. Índios da etnia Guarani – Kaiowá tomaram posse das fazendas Pedra Branca, no sábado à noite e ontem pela manhã a fazenda São José. De acordo com Itamar Vargo, proprietário da fazenda São José cerca de 40 indígenas chegaram à fazenda com facões e armas de fogo, intimando o proprietário e mandando que ele saísse da área. “Eles chegaram e mandaram cair fora, sem conversa”. Itamar comenta que na São José há um grande número de cabeças de gado, em torno de 600. O proprietário afirma que já foram mortos alguns animais, porém, ele não possuí um número real porque não foi mais até a propriedade. Itamar está buscando apoio para que os animais sejam retirados ainda hoje do local, além de pedir a reintegração de posse. Ao contrário de outros produtores que tem receio a conflitos, como aconteceu na Fazenda Buriti, em Sidrolândia, na qual o índio Oziel Gabriel foi morto Itamar não tem medo: “ Se eles (os índios) quiserem conflito, a gente faz também. Vou defender a minha terra”, conclui Itamar. A área foi adquirida no ano de 1.976. O pai de Itamar comprou a São José de terceiros e possui toda a documentação em dia.