28 de setembro de 2020
Campo Grande 34º 24º

Sanesul

Reinaldo Azambuja entrega equipamento e diz que PPP da Sanesul vai possibilitar obras em 68 municípi

Governador explicou que empresa continuará sendo do povo de MS

 No prédio da Sanesul, no bairro Vila Boas, em Campo Grade, onde fez a entrega nesta terça-feira (26.11) de 120 veículos e equipamentos, no valor de R$ 7,2 milhões, para atender 13 municípios, o governador Reinaldo Azambuja destacou que a Parceria Público-Privada irá permitir investimentos e a universalização da coleta e tratamento de esgoto nos 68 municípios atendidos pela estatal.

Reinaldo Azambuja explicou ainda que a Sanesul vai continuar sendo da população sul-mato-grossense. “Conseguimos desmistificar um pouco essa questão que colocaram na cabeça de alguns que não entendem o que é Parceria Público-Privada, que confundem com privatização ou concessão. É simplesmente um capital privado que vai ser investido dentro da empresa pública Sanesul, nos projetos identificados e qualificados por nós, o quadro técnico, que vai à licitação para fazermos obras nos 68 municípios, ampliar a oferta de esgotamento sanitário e aquele investidor terá um pequeno percentual na tarifa de esgoto durante 30 anos para recuperar o capital investido”, disse.

O governador afirmou também que a empresa é bem administrada e uma das melhores de saneamento do País. Na contramão da maioria das estatais pelo País, a Sanesul teve lucro no último ano de R$ 95,491 milhões e, desde 2015, está investindo mais de R$ 1,2 bilhão em Mato Grosso do Sul.

Campo Grande, Aquidauana, Corumbá, Jardim, Dourados, Ponta Porã, Naviraí, Nova Andradina, Três Lagoas, Paranaíba, Coxim, Rio Brilhante e Deodápolis foram contemplados com guindastes, caminhões pipa, motobombas, retroescavadeiras, entre outros veículos e equipamentos usados na execução de serviços de operação e manutenção dos sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário.

Equipamentos e veículos entregues foram adquiridos pela Sanesul por meio de linha de financiamento do Fundo Constitucional do Centro Oeste (FCO).

Já o diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro, afirmou que a empresa “está caminhando a passos largos para cumprir a determinação do governador de universalizar a coleta e tratamento de esgoto”. Nos últimos 10 anos, a cobertura de esgotamento sanitário no Estado saltou de 18,32% para 53,19%.

Participaram do evento, os secretários especiais Sérgio de Paula e Carlos Alberto de Assis; a secretária de Estado de Direitos Humanos e Assistência Social, Elisa Cleia Nobre; presidente da Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa; deputados Barbosinha, Onevan de Matos, Professor Rinaldo e Evander Vendramini; presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda; e prefeitos de municípios contemplados, entre outras autoridades.