19 de abril de 2021
Campo Grande 31º 20º

RACISMO | FUTEBOL

Vídeo: Jorge Jesus é racista ao comentar paralisação de jogo por racismo

"Vai embora, preto" teria dito o 4º-árbitro romeno

O ex-técnico do Flamengo e atual do Benfica, Jorge Jesus fez comentário racista nesta 4ª-feira (9.dez.2020), sobre a paralisação da partida de ontem (8.dez.2020) entre PSG e Istanbul Basaksehir, por conta de racismo que teria sido praticado pelo 4º árbitro da partida. “Está muito na moda isso do racismo. Como cidadão, tenho o direito de pensar da minha maneira. Hoje, qualquer coisa que se diga contra um negro é sempre sinal de racismo, mas o mesmo a um branco já não é sinal de racismo. Está a implementar-se essa onda no mundo. Mas eu não sei o que foi dito [na partida]”, declarou. 

A situação ocorreu aos 13 minutos do primeiro tempo, quando o senegalês Demba Ba, do Basaksehir, reclamou de uma ofensa racista feita pelo quarto árbitro. Segundo relatos de vários veículos da imprensa francesa, espanhola e italiana, Sebastian Coltescu falou "vai embora, preto" para Webó.

Webó se revoltou e questionou Coltescu: "O que você falou? Por que você falou preto?". O árbitro principal, Ovidiu Hategan, se aproximou e deu um cartão vermelho em direção ao camaronês. Demba Ba fez gestos para os companheiros deixarem o gramado.

A partida será retomada nesta quarta com outra equipe de arbitragem.

Leia também

• "Nunca criticaram entupir as senzalas de negros, mas criticam cotas nas faculdades", diz juiz

• Vídeo: Jogadores deixam o campo após ato de racismo em jogo contra o PSG