29 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 23º

Erupção de dois vulcões força retirada de 1.500 pessoas na Indonésia

A erupção de dois vulcões na Indonésia nesta segunda-feira forçou a retirada de mais de 1.500 pessoas de aldeias nas ilhas de Java e Sumatra. Ambos despejam grandes nuvens de cinzas e fumaça, que chegaram a subir oito quilômetros.

O maior número de pessoas retiradas deixou três aldeias do norte da ilha de Sumatra após a erupção do monte Sinabung, que enfrenta sua segunda erupção consecutiva. O vulcão está em intensa atividade desde setembro, mas aumentou sua emissão de cinzas e fumaça nas últimas horas.

Na região central da ilha de Java, centenas de pessoas tiveram que deixar suas casas na madrugada desta segunda-feira após vulcão Merapi, o mais ativo do país, entrar em erupção e lançar colunas de gases que chegaram a dois quilômetros de altura.

Segundo a Agência Nacional de Desastres, diversos tremores de baixa magnitude precederam a erupção. A última grande erupção do Merapi aconteceu em outubro de 2010, quando uma nuvem de cinza matou 32 pessoas na montanha e provocou o deslocamento de 50 mil.

Folhapress