28 de outubro de 2020
Campo Grande 28º 21º

Mutirão de limpeza é mobilizado pela prefeitura

20140508164855_5494 Campo Grande possui cerca de 1.500 quilômetros de vias urbanas não asfaltadas, por esse motivo, Até o início do período de chuvas mais intensas, a partir da segunda quinzena de outubro, a meta da prefeitura é concluir o mutirão de limpeza da cidade com retirada de entulhos, patrolamento, cascalhamento, trabalho de capina e roçagem. Nos últimos 40 dias, a secretaria  reforçou as equipes com o recrutamento de aproximadamente mais 600 trabalhadores para atuar nas frentes de limpeza. Segundo o secretário Semy Ferraz, este mutirão da limpeza é focado também na remoção de entulhos e material que a própria população despeja nas ruas e calçadas. “É uma ação preventiva de combate à dengue, com a eliminação de focos potenciais do mosquito”, explica. Nesta semana, o trabalho está sendo feito na região do Nova Esperança. Na vila Nha Nha e no bairro Marcos Roberto, a responsabilidade do serviço, conforme o secretário, é da concessionária da coleta de lixo que não teria mobilizado a estrutura necessária para atender os dois bairros. “Vamos nos reunir com a empresa para ajustar esta situação e garantir maior agilidade na execução do serviço”, informa o secretário. Desde a última segunda-feira (5), duas destas equipes estão no Rita Vieira, na região urbana do Bandeira e na região do Prosa, nos Bairros Oliveira e Parque dos Girassóis, para patrolar e cascalhar as ruas. “Há menos quatro anos, não se fazia o patrolamento no bairro, as ruas estavam intransitáveis”, informa a dona de casa Rosana Rodrigues, residente na rua Alberto Jissun, no Oliveira III . A presidente da Associação dos Moradores do Parque dos Girassóis, Antonia Fernanda, fez questão de perguntar aos funcionários se o serviço seria feito em todo o bairro. “Tem rua que está há tanto tempo sem conservação, que o mato invadiu”, informa. Tayná Biazus com Assessoria