24 de junho de 2021
Campo Grande 31º 19º

Questionado sobre denúncias de concorrência "carta marcada", Olarte fica em silêncio

A- A+

O prefeito de Campo Grande Gilmar Olarte (PP) se recusou a conversar hoje pela manhã com equipe do MS Notícias sobre as denúncias publicadas, com exclusividade, pelo site a respeito de possível tentativa de favorecimento em licitação que acontecerá amanhã na Capital.

IMG-20150107-WA0005

Conforme denunciaram empresários da Capital, o secretário de infraestrutura, Valtemir Brito, o Caco, teria pedido aos empresários do setor de construção para que não participassem da concorrência nº 034/2014 que irá contratar empresas para realizar revestimento primário em cinco regiões da Capital.

Os empresários que entraram em contato com o site para fazer a denúncia contam que Caco teria pedido a eles que não participassem da concorrência porque o prefeito, supostamente, gostaria de ver empresas, como Selco Engenharia Ltda, Juha Engenharia Ltda e Diferencial Engenharia Ltda, vencedoras da concorrência.

Questionado hoje pela manhã o que poderia fazer diante da denúncia, Olarte, se exaltou, e simplesmente virou as costas à equipe de reportagem sem responder se tomaria ou não providências para apurar o caso.

A concorrência nº 034/2014 prevê contratação de empresa para efetuar cascalhamento em cinco regiões da Capital. A modalidade da concorrência é do tipo “menor preço por lote”. A Seintrha dividiu as regiões em três lotes são eles: Lote 1 – Bairro Nova Campo Grande Lote 2 – Jardim Columbia, Jardim Anache e Conjunto Residencial José Tavares Lote 3 – Moreninhas

Heloísa Lazarini e Tayná Biazus