22 de outubro de 2021
Campo Grande 32º 17º

Sem convênio

Para pagar funcionários, Cotolengo realiza festival de prêmios dia 27

A- A+

A instituição Cotolengo Orinópolis realiza no próximo dia 27 de fevereiro um festival de prêmios com objetivo de arrecadar recursos para manter a instituição. Segundo diretor presidente da Cotolengo Sul-Mato-Grossense, Pe Valdeci Marcolino, os itens que fazem parte da premiação foram adquiridos por meio de doação. O evento está previsto para às 19 horas e o ingresso custa R$ 5. “O bingo irá ajudar na manutenção da instituição, principalmente no pagamento dos funcionários que gira em torno de R$ 35 mil”, disse.

Hoje, a Cotolengo mantém em período integral pelo menos 40 crianças com paralisia cerebral. Conforme o Padre Valdecir, os recursos são oriundos de convênios firmados com a Prefeitura de Campo Grande e Governo do Estado, porém desde início de 2016, os convênios, que terminaram em dezembro de 2015, não foram renovados. “Ainda não renovamos os convênios. Na próxima quinta-feira iremos participar de uma reunião com o Governo do Estado, e Prefeitura. Além desses também temos outros convênios”, disse. 

De acordo com Valcedir Marcolino, conforme convênios de 2015, o Estado repassa, mensalmente, R$ 18 mil, e Prefeitura repassou R$ 9 mil. “Também temos convênio com a Secretaria de Saúde do Município que repassa R$ 18 mil. A nossa expectativa é de que consigamos arrecadar de R$ 8 mil a R$ 10 mil com o evento”, disse.

Fundação

Criado em 20 de julho de 1996 em Campo Grande, a Cotolengo atende pessoas com paralisia cerebral grave. A instituição foi fundada pelos padres da Pequena Obra da Divina Providência, congregação religiosa criada por São Luís Orione. A instituição tem sede própria e se matém por meio de doações de pessoas físicas e jurídicas, promoções sociais, convênios e bazar beneficente. Atualmente, são atendias pela instituição pessoas com idades de 2 a 22 anos.