28 de outubro de 2020
Campo Grande 28º 21º

Parlamentares apoiam governo e polícia na detenção de “black blocks”

Após o governador do Estado André Puccinelli ter falado a população que caso os grupos conhecidos como “black blocs” se fizessem presentes em Campo Grande depredando pontos da Capital e deixando prejuízos, por ordem dele a polícia iria intervir com balas de borracha. Ontem após cerca de 20 manifestantes atearem fogo em lixeiras e deslocar o batalhão de choque até a rua 14 de julho no centro, os jovens foram revistados e liberados pela polícia, diferente do prometido. Os parlamentares estaduais acreditam que esse grupo são “bandidos com o rosto coberto” que não fazem parte de nenhum movimento social, além de ter uma postura abominável pela sociedade. Os deputados também apoiam a polícia e o governo em agir de forma firme e enérgica para evitar danos ao patrimônio público da Capital. Foto: Divulgação black-bloc Para o deputado Osvane Ramos (PROS) este é um movimento que criou corpo no país e as autoridades devem ser duras e justas. A polícia deve estar preparada para fazer rondas para a prevenção. Já o deputado Cabo Almi (PT) acredita que a legislação vai passar por mudanças no Código Penal até o início da Copa de 2014 e que mais dessas ações vão acontecer até o momento de chegar o equilíbrio no país.