17 de junho de 2021
Campo Grande 26º 15º

Telles quer a descentralização, ou até subprefeituras, para atender regiões

A- A+

O vereador Chiquinho Telles (PSD) entende que a melhor forma de atender a todas as regiões seria a descentralização da administração. O vereador, que tem seu contingente eleitoral nas Moreninhas, usa a região como exemplo. “Para tudo o que se precise em termos de administração pública, nós temos que nos deslocar para a região central de Campo Grande. É custo e tempo que poderiam ser evitados se tivéssemos o atendimento na própria região;’, disse.

Ainda segundo o vereador, os serviços públicos poderiam ser instalados nas regiões mais periféricas. Além da região das Moreninhas, dá como exemplos a Coophavilla, Nova Lima, Santo Amaro, Anhandui.

Sem descartar a criação de subprefeituras, acredita que a descentralização  permitiria melhor atendimento à população, uma vez que, por exemplo, problemas em postos de saúde seriam equacionados e relatados por um gestor público, sendo resolvido direto com o secretário de Saúde do Município. Também facilitaria a relação com o legislativo e melhor diálogo e fiscalização por parte dos vereadores.

?Desmembramento

Questionado se a solução não seria o desmembramento em novos municípios, como já foi aventado tanto no caso das Moreninhas, como no caso do Anhandui, Telles entende que estas regiões não oferecem, ainda, base econômica para o desmembramento. Nesse caso, segundo o vereador, seriam municípios enfraquecidos que teriam que arcar com os custos da formatação dos diversos poderes e sua posterior manutenção, sem que tenham receitas suficientes.

“A descentralização, seja ela feita por meio de “agências” municipais nas regiões, ou através de subprefeituras, evitaria que os problemas se avolumassem pois reduziria a burocracia” disse o vereador.