30 de setembro de 2020
Campo Grande 40º 23º

Adesão de Carlão à base depende da oferta de Bernal

A base de sustentação do prefeito Alcides Bernal (PP) na Câmara Municipal pode ganhar um novo membro até o final desta semana. De acordo com o vereador Carlão (PSB), a conversa com o secretário de governo e relações institucionais, Pedro Chaves, está bastante avançada e basta uma boa oferta para a aliança entre o partido e o chefe do executivo ser selada.

“Eu tenho conversado com Pedro chaves, com o Cazuza (PP, vereador), por enquanto não abriu os trabalhos da Câmara. Estou aguardando os finais da conversação com o partido, mas ainda não bateu o martelo. Eu sempre me pus independente. Votei contra a aberturada da comissão processante, votei a favor da suplementação, já tenho votado a favor do Bernal na Câmara, mas me posicionado da independência”, declarou.

Segundo o vereador, a conversa é entre o partido PSB e o prefeito, mas o presidente do diretório regional, prefeito de Dourados Murilo Zauith, já deu liberdade total ao parlamentar para conduzir as negociações. “Campo grande, ele deixou pra eu resolver. Por isso venho fazendo com cautela, a responsabilidade é muito grande”.

O vereador ressaltou que só não aceitou a secretaria de juventude quando lhe foi oferecida no final do ano passado, pois não havia orçamento previsto para a pasta ainda. “Não estamos atrás disso, se puder participar melhor. Ofereceram a juventude, mas a gente não queria naquela época. Era final de ano, lá em Brasília (DF) as coisas estavam trancadas. Não tinha votado orçamento, não sabia se tinha recursos. Assumir pasta sem saber o que tem dentro pra ajudar a população não dá”, finalizou.

Diana Christie