23 de junho de 2021
Campo Grande 30º 17º

Antes de reajuste, governo vai expor condições financeiras para sindicalistas

Além disos, Azambuja deixou claro que nenhum servidor será negativado

A- A+

Na manhã de hoje aconteceu na Governadoria, uma reunião entre Reinaldo Azambuja (PSDB) e os representantes do Fórum Sindical dos Servidores Públicos de Mato Grosso do Sul, para discutir sobre as principais reivindicações das classes dos servidores públicos estaduais.

Após a reunião, o tucano deixou claro a todos que o governo irá se reunir em março com os sindicatos para expor a situação financeira do atual governo, antes de definir um possível reajuste salarial, além de garantir que nenhum servidor será negativado.

A partir de março o governo deve concluir o balanço financeiro e com isso, tentar acordo com as categorias para reajustar o salário. “Nessa reunião nós iremos mostrar como está o Estado e o porque deixou de arrecadar R$ 27 milhões em janeiro, em relação a 2014. Os sindicatos tem que conhecer os números para nós discutir as possibilidades”.

Com relação à falta do repasse de R$ 51 milhões às operadoras de crédito consignado, por parte do governo, Azambuja deixou claro que nenhum servidor será negativado. “Tem negociação com os bancos e tudo será resolvido”, afirmou.

De acordo com Azambuja, no mês de dezembro os funcionários do Estado tiveram descontados os seus salários a parcela referente as financiamentos contratados, mas a administração não repassou o montante devido.