29 de setembro de 2020
Campo Grande 37º 20º

Ballock culpa Semy Ferraz por atraso em início das obras da Guaicurus

O secretário municipal de administração, Ricardo Ballock, afirmou, hoje pela manhã ao MS Notícias, que o atraso nas licitações das obras de recapeamento e drenagem da avenida Guaicurus, que deveria ter iniciado em outubro de 2013, não é culpá de coordenador da CPL (Central Permanente de Licitação) Gislaine do Carmo Penzo Barbosa Marco Antonio Silva e sim do secretário municipal de obras, Semy Ferraz.

Ballock negou que Gislaine tenha adiado pela 5ª vez abertura das propostas para prolongar sua viagem à praia. "O Semy Ferraz que é o responsável pela obra. Ele é quem acompanha passo a passo, todo processo, e ele é quem poderá explicar o motivo do atraso", afirmou Ballock.

O atraso no início das obras da avenida Guaicurus tem incomodado não só a população, mas também os empresários que participarão do pregão. Irritados com o atraso de pouco mais de três meses, eles procuraram o MS Notícias e denunciaram o descaso e a inabilidade técnica com que a licitação tem sido administrada pela CPL e pela Semad.  “Não sei se é por má fé ou inexperiência desta equipe, mas fato é que a cidade sai prejudicada, pois sem licitar a obra não começa”, afirma um dos empresários que conversou com MS Notícias, mas por segurança, prefere não se identificar.

Questionado sobre o recente cancelamento, da abertura das propostas, que deveria ter acontecido dia 17 de janeiro e está sem nova data definida, Ballock simplesmente jogou a responsabilidade para Semy e para CEF (Caixa Econômica Federal).  "As licitações acontecem porque existem problemas no projeto e por isso, a Caixa não libera para que a prefeitura possa abrir as propostas", afirmou Ballock. Sobre as férias de Gislaine terem sido motivo de cancelamento da leitura de propostas do dia 17, confirmadas por funcionários próximos à coordenadora, Ballock negou e disse que ela é uma funcionária responsável.

Heloísa Lazarini