08 de maro de 2021
Campo Grande 30º 20º

Descredito

Bernal diz que pesquisa sobre sua administração é 'inverídica'

Pesquisa divulgada pela Vale Consultoria e Assessoria  apontou o cenário político para as eleições municipais em sete regiões da Capital, além do distrito de Anhanduí e Rochedinho. Dentre os itens questionados, a  administração do prefeito  de Campo Grande Alcides Bernal (PP) chamou a atenção.De acordo com as 850 pessoas entrevistas, pelo menos 15,29 % consideraram a atual administração entre ótima e boa, já 23,53% disseram ser regular e 50,23% classificaram como péssima e ruim.  

Conforme o levantamento, 45,88% dos entrevistados apontaram problemas na saúde, outros 41,17% disseram ser o asfalto, e a segurança pública ficou com 29,41%. Já para os 23,52% classificaram o lixo e entulhos como problemas da administração e brigas políticas abarcaram 11,76%. Na pesquisa, 25,88% dos entrevistados disseram que Alcides Bernal é culpado pelos problemas da cidade, e 12,95% apontaram o vice-prefeito afastado Gilmar Olarte. Para 11,80% dos pesquisados os vereadores são culpados. 

Na manhã desta segunda-feira (15), a reportagem do MS Noticias repercutiu o resultado do levantamento  com  o prefeito Alcides Bernal, que se demonstrou descrente do levantamento que pode  sinalizar um possível cenário eleitoral na Capital. Bernal não leva em consideração os aspectos negativos apontados pela pesquisa porque segundo o progressista, a mesma  é “manipuladora”. “São inverídicas'. Não dá para acreditar, nessas pesquisas. Na época da campanha saia que eu perderia a eleição, e nós vencemos”, disse Bernal. A pesquisa foi realizada entre os dias 4 e 10 de fevereiro de 2016.

Reeleição

No domingo (14), o secretário Municipal da Juventude, Wilton Edgar Acosta  criticou o resultado da pesquisa que demonstrou aspectos negativos da atual administração, dizendo que Bernal merece ser reeleito."Mesmo Bernal sendo bombardeado pela imprensa marrom 24 horas por dia, Bernal é imbatível. Por incrível que pareça quanto mais seus adversários o perseguem e caluniam, mais o povo entende que ele merece uma nova chance de administrar Campo Grande", afirma.

O secretário tem se manifestado constantemente em redes sociais classificando a imprensa campo-grandense de "marrom". Porém, em outra oportunidade, o secretário teria dito que esse julgamento seria para um veículo de comunicação, e que não teria generalizado em seu comentário.

Quanto as declarações de  Wilton  Acosta, Bernal disse que a imprensa que se ofendeu pode questionar. "Quem se julga marrom é. O Acosta é maior de idade, um advogado que tem muito prestígio e credibilidade, é um homem sério, ele vai provar", ressaltou Bernal.